Antimicrobiano

DICLOPEN 10 MILHÕES

Associação de penicilinas de ação rápida, com Estreptomicina e Diclofenaco de Sódio, para o tratamento de doenças agudas provocadas por bactérias sensíveis à Penicilina e à Estreptomicina.


PENICILINA 10 MILHÕES DE AÇÃO IMEDIATA


FÓRMULA

Cada frasco-ampola de pó contém:

Benzilpenicilina Procaína.................................................................... 7.500.000 UI
Benzilpenicilina Potássica................................................................... 2.500.000 UI
Sulfato de Estreptomicina...................................................................... 5.000 mg

Cada frasco-ampola de diluente contém:

Diclofenaco de Sódio................................................................................ 375 mg
Veículo q.s.p............................................................................................. 30 mL

INDICAÇÕES

O DICLOPEN 10 MILHÕES - GRANDE PORTE é indicado no tratamento de infecções bacterianas em animais de grande porte, com até 500 kg de peso corporal, tais como bovinos e equinos.

MODO DE USO E DOSAGEM

Preparar o produto no momento do uso, adicionando o diluente no frasco-ampola contendo o pó e homogeneizar o conteúdo. O produto que não for utilizado deve ser descartado. Administrar o produto por via intramuscular profunda.

Dosagem recomendada para Bovinos e Equinos: 8.000 UI a 24.000 UI por kg de peso corpóreo.
Dosagem indicada do produto: 1mL para 12,5 kg de peso corpóreo.

Para o tratamento de infecções bacterianas, predominantemente Gram-positivas, visando um combate através das Penicilinas G, administrar o produto com intervalo de 24 horas.

Para o tratamento de infecções bacterianas, visando um combate através da Estreptomicina, administrar o produto a cada 12 horas, obedecendo assim corretamente o comportamento plasmático deste princípio ativo. O tratamento deve durar de 3 a 5 dias.

PERÍODO DE CARÊNCIA

Bovinos: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 30 dias após a última aplicação.

Leite: o leite dos animais tratados com este produto não deve ser destinado ao consumo humano até 72 horas após a última aplicação.

Licenciado provisório no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob n° 100 em 06/05/2003.
Responsável Técnico: Dr. José Abdo de Andrade Hellú - CRMV- SP 1.938