A comercialização de sêmen bovino alcançou 16,7 milhões de doses de janeiro a setembro deste ano no país, informou hoje a Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia). Houve um aumento de 30,1% em relação ao mesmo período de 2019.Em igual comparação, a produção no país cresceu 32%, para 9,832 milhões de doses. Segundo Márcio Nery, presidente da Asbia, em 2020 como um todo as vendas deverão se aproximar de 25 milhões de doses.

 

Conforme os dados divulgados pela entidade, em relação à genética de raças de corte foram coletadas 8,059 milhões de doses nos primeiros nove meses deste ano, ante 6,129 milhões de janeiro a setembro de 2019. No caso das raças de leite, o aumento foi de 1,329 milhão para 1,774 milhão de doses na comparação.

A associação divulgou hoje o Relatório Index Asbia com dados do terceiro trimestre, produzido pelo Cepea/Esalq. Entre outras informações, o trabalho mostrou que 4.146 municípios do país utilizaram inseminação artificial no período analisado

As informações são do Valor Econômico.

https://www.milkpoint.com.br/noticias-e-mercado/giro-noticias/vendas-de-semen-bovino-cresceram-30-no-pais-de-janeiro-a-setembro-222647/

Compartilhe:
Cadastre-se para receber novidades